Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De capacete e batom

De capacete e batom

31
Dez19

Quando o fim é o princípio

Dora Sofia

O ano não poderia ter um melhor final. 

Depois de dias e dias adiados, porque as pessoas são sempre o mais importante, e havia consultas no IPO, e incertezas, e inquietações, no passar das horas, ou havia um aniversário, uma festa, um final das aulas, um jogo de futebol, uma exibição de ballet... tantas pessoa se sobrepuseram às nossas viagens de mota que acabámos por concluir que 2019 não era o ano de andar de mota. Mas foi.  Porque agora não somos dois, somos quatro. 

IMG-20191227-WA0031.jpg

E não foi uma viagenzinha de ir à praia passear os pés na areia ou ir até à esplanada do café da esquina. Lançado o desafio, os miúdos não quiseram ficar para trás. E o Alentejo brindou-os com um sol de verão, mergulhos nas piscina (com o pai, porque a mãe é mais de mergulhos num qualquer livro, numa espreguiçadeira com muito sol), e mil e uma brincadeiras. 

IMG-20191227-WA0003.jpg

IMG-20191229-WA0017.jpg

IMG-20191227-WA0024.jpg

E, no regresso, o frio da Serra da Arrábida, para perceberem do que se fala quando se fala de andar de mota com cinco graus e da importância de termos a roupinha certa. 

Da gravilha escaldante alentejana aos caminhos gelados  das serra. As GS não se queixaram. 

IMG-20191229-WA0007.jpg

20191229_102248.jpg

É verdade que a Branquinha não simpatizou particularmente com os cotovelos no Portinho da Arrábida, chegou mesmo a revelar alguma fúria, mas a mota mais linda do mundo sabe que riscos na chapa é coisa que não se apaga, e mesmo se vai à berma, há que pegar depressa a estrada... bem, e convenhamos que levar uma das pessoas mais importantes no mundo atrás também deve ter tido a sua influência...

E para fechar com chave de ouro, um almoço com amigos.  Há lá algo melhor para celebrar um ano que se previu sombrio e termina tão cheio de luz?

IMG-20191229-WA0038.jpg

Foram 3 dias a sentir como o nosso país é extraordinário. As paisagens, o clima, a diversidade, os cheiros, a hospitalidade das pessoas que conhecemos são possibilidades infinitas. Ainda bem que podemos partilhá-las com os nossos filhos. 

Que venha 2020!

Boas curvas!!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D