Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De capacete e batom

De capacete e batom

06
Jan16

Por falar em motas #2

Dora Sofia

Percebes que algo muito estranho se passa contigo quando por cada "estou farto de chuva" que ouves (e são muitos, num país de eternos insatisfeitos, onde o maior prazer se resume a falar do tempo), logo agora que tomaste a decisão de ser  simpática e de aprender a falar do tempo, descobres que só te ocorre responder "e com esta chuva não posso andar de mota", o que é igualmente estranho e antissocial como não saber falar do tempo. E, então, calas-te e continuas antissocial, sem saber falar do tempo...

chuva mota.jpgFoto: Narinder Nanu/AFP

 

... mas a desejar que pare de chover para andares de mota, ainda que saibas, por experiência, que não chove dentro do capacete!

"I'm riding in the rain, just riding in the rain..."

 

Boas curvas!

11
Dez15

Por falar em motas #1

Dora Sofia

Percebes que algo de estranho se passa contigo quando, entre conversas banais a disfarçar muito mal investigações para as prendas de Natal, dás por ti a dizer coisas como estas:

Eu: E a Fulana tal andava com uma mala Louis Vuitton, toda chique... por acaso, até era gira...

Ele: Gostavas de ter uma?

Eu: Nããã... Prefiro um capacete.

 

Boas curvas!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D